4.10.08

O New Energy Fund (NEF) é o primeiro Fundo Português a investir directamente em empresas/projectos de Energias Renováveis (eólica, biogás, biomassa, biocombustíveis, hídrica, solar, hidrogénio, oceanos/marés e geotermia)..

Ao participar no  aumento de capital da Oceanlinx (site) com o Espírito Santo Ventures (site) e a Emerald Ventures (site), da Suiça, o NEF passa a deter a maioria das acções preferenciais da Oceanlinx (62,5%)

 

Em Portugal, a energia das ondas poderá vir a gerar cerca de 12 TWh/ano, mas (para mais de 1 milhão de habitações) num investimento que rondaria os 3 mil milhões de Euros. Através da GWH – Energia das Ondas, Lda., o NEF irá iniciar o projecto de ID&T ainda este ano e prevê ter um protótipo a funcionar até inícios de 2010.

 

O NEF é um fundo desenvolvido e promovido pela Fomentinvest SGPS e conta com participações minoritárias do Banco Espírito Santo de Investimento e do Banif Banco de Investimento. A Ecoprogresso assume a consultoria de investimento desde a sua entrada em funcionamento em Novembro de 2007.

 

O mesmo grupo de parceiros é ainda responsável pela gestão do Luso Carbon Fund, o primeiro fundo de carbono nacional que actua a nível mundial.

 


14.6.07

 

 

A energia das marés é a energia cinética (movimento) da água do mar, provocada pela subida e descida das marés. Existem por dia duas marés-altas e duas marés-baixas .

 

Estas marés são o resultado do movimento da Lua em torno da Terra e sofrem também a influencia do movimento da Terra em torno do Sol.

 

Este tipo de energia é  aproveitado há já muito tempo, um exemplo deste aproveitamento são os famosos moinhos de maré do concelho de Almada que aproveitando este "vaivém" diário da água do Estuário do Rio Tejo moíam cereais.

 

Esta energia é obtida através de barragens construídas em áreas costeiras "afectadas" por marés.

As barragens bloqueiam e controlam o movimento das marés, que vão accionar turbinas especiais, que retêm a água que entra na maré-alta, libertando-a mais tarde, na maré baixa.

  

Principais vantagens e desvantagens:

As principais vantagens deste tipo de energia é o facto de ser uma energia renovavel (não se esgota), não ser poluente e causar pouco impacte ambiental.

A desvantagem de utilizar a energia das marés na obtenção de energia é que o fornecimento não ser continuo apresentado assim baixo rendimento.

 

Como já foi referido, em Portugal existe aproveitamento de energia a partir da energia das marés. Moinhos de maré foram sendo construidos em Portugal a partir do seculo XIII, estando situados por quase todo o país, do Minho ao Algarve, na desembucadura dos rios, estuários e em rias.

 


 

Atenção eu_a_marta apenas alterei as tags associadas ao post, todo ele foi escrito pela Daniela. Obrigado

sinto-me: ... (com sono ...)
música: Question of love - The Gift


Olá a todos! Aqui está um novo blog "verde" por sinal, aqui ficarão registados pequenos apontamentos acerca do nosso mundo natural, ecologia, ambiente, entre outros... O objectivo? Aprendermos todos um pouco mais. Esperemos que gostem!
Pesquisar no Verde
 
Maio 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


Semana no Verde

2ª feira - Fauna & Flora
ver
3ª - Locais Verdes
ver
4ª - Conselhos Verdes
ver
5ª feira - Imagem Verde da Semana
ver
6ª feira - Blog/Associação Verde da Semana
ver
Contactar o Verde
Se tiver algo a dizer sobre o Verde, não hesite em contactar-lo. A sua opinião será sempre útil e bem vinda. Os contactos são: daniela_urbano1@hotmail.com andre.f.veiga@gmail.com
Comentários Recentes
Olá Cátia. Pode-me enviar as tais recomendações. O...
Conheça a Riviera de São Lourenço localizada no Li...
Conheça a Riviera de São Lourenço localizada no Li...
Posts mais Comentados
subscrever feeds
blogs SAPO