12.12.07


Nós, autores do verde, descobrimos hoje que o "Blog Verde" está nomeado para o melhor blog português do Ano na categoria "Animais/Natureza/Ambiente".

Foi com grande agrado e surpresa que recebemos tal notícia e queremos deixar aqui desde já o nosso agradecimento a todos os que votaram no Verde para que ficássemos entre os nomeados.

A todos os que votaram e aos que através desta iniciativa vão descobrir agora o Verde, esperemos que gostem e que continuem a visitar
Link do postPor Marta Santos, às 19:50  Ver comentários (1) Comentar

11.12.07
Hoje em dia ouve-se falar de poluição em todas as esquinas. Poluição atmosférica, poluição dos mares, dos rios, da água em geral, ..., enfim um lote quase que sem fim de formas de poluição.
Entre essas formas de poluição encontra-se a poluição doméstica. O conceito à partida pode levar-nos a pensar que é referente á poluição que produzimos em nossa casa, no entanto trata-se de algo ligeiramente diferente.

Poluição doméstica é a poluição que se acumula no inerior da casa, resultante da má ventilação, limpeza inadequada e a presença de determinados compostos. Pode originar alergias e problemas respiratórios nos casos mais vulgares.

Para que tal não aconteça ficam aqui alguns conselhos para evitar a poluição atmosférica em sua casa:

- Corrija infiltrações nas paredes, elas são uma fonte importante de fungos. Tenho vários pacientes cujas crises periódicas de asma estavam relacionadas a paredes com infiltrações escondidas atrás de armários e outros móveis.

- Prefira cortinas de PVC ao invés de tecido.

- Mantenha seus tapetes e sofás limpos. Contrate firmas especializadas para fazer o serviço, se necessário.

- Janelas e portas devem ficar abertas sempre que for possível e seguro.

- Cuidado redobrado com a ventilação, principalmente quando estiver realizando pinturas, cozimentos, soldas e reformas em geral.

- Ao ligar o ventilador de teto, prefira a função de exaustor. E verifique sempre se as paletas do ventilador estão devidamente limpas.

- Faça manutenção periódica no seu ar-condicionado.

- Plantas no interior da casa regadas excessivamente podem abrigar fungos na terra que lhes sustenta, afetando pessoas alérgicas.

- Troque seu colchão a cada 5 anos e seu travesseiro a cada 1-3 anos. Para você ter uma idéia: calcula-se que, após 5 anos de uso, 10% do peso de um travesseiro seja composto por ácaros e células mortas descamadas da sua pele.

- E nunca fume dentro de casa.

Fonte de informação: http://www.ultimahoranews.com/not_ler.asp?codigo=67501

Para mais informações sobre a poluição doméstica pode também ver aqui
Link do postPor Marta Santos, às 13:46  Ver comentários (2) Comentar

2.11.07

Segundo as estatísticas da Direcção-Geral de Energia e Geologia (DGEG), no final de Agosto, Portugal tinha 7 284 megawatts (MW) de capacidade instalada para produção de energia eléctrica a partir de fontes de energia renováveis.

O aumento de potência, relativamente a Julho, verificou-se na potência instalada eólica, tendo, também, entrado em funcionamento uma nova central a biogás. A produção total de energia eléctrica, a partir de fontes de energia renováveis, cresceu 41 por cento de Janeiro a Agosto de 2007, relativamente a igual período de 2006.

No mês de Agosto, a produção hídrica cresceu 48 por cento, relativamente à verificada no mês homólogo do ano anterior, devido, essencialmente, ao aumento de produção registado nas bacias do Douro (mais 57 por cento), Cávado (mais 47 por cento) e Tejo (mais 32 por cento).

A produção eólica, de Janeiro a Agosto de 2007, cresceu 66 por cento relativamente a igual período de 2006. A potência eólica instalada, no final de Agosto, situava-se em 1 984 MW, distribuída por 149 parques, com um total de 1 087 aerogeradores ao longo de todo o território continental.


Link do postPor Marta Santos, às 20:03  Ver comentários (2) Comentar

1.11.07

De todas as espécies silvestres os cogumelos são das menos conhecidas em Portugal. Companheiros de fadas e bruxas, ingredientes de poções fantásticas, mezinhas terrí­veis e pratos deliciosos. Para os desmistificar, vamos conhecê-los num passeio pela Matinha de Queluz acompanhados de um guia conhecedor (engenheira agrónoma com grande experiência no estudo de cogumelos) que nos contará muito do que sabe. No fim do passeio vamos ter uma saborosa refeição em que não deixaremos de ter os cogumelos como prato central.

 

Datas: 11 e 18 de Novembro.

 

Preço: 60€‚ com passeio, seguro, formação, pequeno guia ilustrado e refeição.

 

Apresentação do programa em http://www.terramater.pt/natureza/passeios/CogumelosPt.pdf .

 

As inscrições deverão ser feitas para natureza@terramater.pt .

 

 

 

Melhores cumprimentos,

 

Maria João

[terramater – ambiente, lda]

 

Mobile:  934157721

Email: maria@terramater.pt

Website: http://www.terramater.pt

Blog: blog.terramater.pt

 

Proteja a floresta! Imprima este mail apenas em caso de extrema necessidade

 

Link do postPor Marta Santos, às 10:32  Ver comentários (1) Comentar

23.10.07

 

Vamos reflorestar a Serra da Lousã I- Lousã

11 Novembro (Domingo)

Se não conseguiu participar na actividade anterior tem a oportunidade de VIR AGORA!!!

Num percurso pelo lado da Lousã, entramos em soutos mágicos e esperamos que príncipes e princesas, ou mesma a Princesa Peralta apareça e nos encaminhe pelos caminhos dos contos de fadas.

Não sabemos se o guia será mesmo a Princesa Peralta, mas quem sabe???? Venham ver e participar nesta acção que vos irá proporcionar uns bons momentos e a sensação de que também vocês são homens e mulheres que plantam árvores.

 

Ponto de encontro: 9h00 na Lousã, junto à Câmara Municipal da Lousã

Duração: O dia todo. Após um enquadramento inicial, faremos uma caminhada e ao mesmo tempo iremos realizar a reflorestação e talvez encontrar uma princesa….

Material que os participantes devem trazer: roupa leve e confortável para sujar, agasalho, luvas, reforço alimentar, água.

Preço por pessoa: Gratuito

Vale do Ceira - GÓIS

24 Novembro (Sábado)

Caminhada ao longo do vale do rio Ceira entre as aldeias da Candosa e Relvas.

È um percurso linear, através de um vale magnifico e relativamente bem conservado com a sua galeria ripícola e a uma cota mais elevada por espécies tradicionais como Castanheiros, Cerejeiras e Carvalhos. Existe inclusive um exemplar magnífico de Azereiro.

Nesta actividade para além da interpretação ambiental, irão ser, recolhidas sementes e efectuados trabalhos de controlo de infestantes.  

Ponto de encontro: 9h30 nas bombas de gasolina de Góis Duração: 5-6 horas.

Material que os participantes devem trazer: roupa leve e confortável, agasalho e impermeável (caso de chuva), reforço alimentar, água, calçado apropriado (botas caminhada).

Preço por pessoa: 5€*

Dificuldade – Média /Baixa

 

 

 

 Vamos reflorestar a Serra da Lousã II- GÓIS

1 Dezembro (Sábado) Venha passar um dia diferente, participando na construção de um Futuro mais verde na Serra da Lousã!

 

Num percurso pelas Aldeias do Xisto de Góis, Aigra Nova, Aigra Velha, Comareira e Pena poderá deslumbrar uma paisagem única e usufruir de espaços ainda preservados em termos ambientais. Numa zona no centro da Rede Natura 2000, iremos com o apoio da população local plantar muitas árvores autóctones que irão fazer a diferença no FUTURO! POR ISSO INSCREVA-SE JÁ! PELO CONVIVIO, PELO PERCURSO, PELA ACÇÃO!!!! 

 

Ponto de encontro: 9h00 em Góis, no Lg. da Câmara Municipal de Góis

Duração: O dia todo. Após um enquadramento inicial, faremos uma caminhada e ao mesmo tempo iremos realizar a reflorestação.

Material que os participantes devem trazer: roupa leve e confortável para sujar, agasalho, luvas, reforço alimentar, água.

Preço por pessoa: Gratuito

 

 

 

Vamos reflorestar a Serra da Lousã III – Castanheira de Pêra (Coentral)

15 Dezembro (sábado) Tem aqui mais uma oportunidade para deixar o sofá, a televisão e passar um dia ao ar livre e a participar no Futuro de uma REDE NATURA 2000.

 

Por relatos chegados até hoje, sabe-se que a serra tinha um coberto florestal, constituído por carvalhais e soutos, um dos trabalhos da Lousitânea é reproduzir espécies autóctones em viveiro e depois reintroduzi-las na serra, aumentando assim a biodiversidade, e reduzindo o risco de incêndio!

A época ideal para transplantes é no Inverno e princípio da primavera, razão pela qual estas actividades são realizadas nesta época do ano.

 

Ponto de encontro: 9:30 Na rotunda da nora, à entrada de Castanheira de Pêra. Duração: O dia todo. Após um enquadramento inicial, serão iniciados os trabalhos de reflorestação

 Material que os participantes devem trazer: roupa leve e confortável para sujar, agasalho, luvas, reforço alimentar, água.

 

 

 

O valor das actividades reverte como donativo à Lousitânea e permitirá cobrir os custos relacionados com a reflorestação autóctone da Serra da Lousã.

 

Estas iniciativas podem ser realizadas noutras datas para grupos formais ou informais, escolas, empresas ou outros desde que seja previamente contactada a Lousitânea.

 

 

INSCRIÇÕES:

- Nome, contacto telemóvel

- Para os sócios da Lousitânea – nº de sócio

As inscrições poderão ser feitas através:

- tel/fax: 235 77 86 44  - mail: lousitanea@sapo.pt  - telemóvel: 96 9847852 (Valdemar ou Isabel)

 

A Lousitânea – Liga de Amigos da Serra da Lousã é uma associação de conservação da natureza e de valorização do património e cultura da Serra da Lousã.

Organizamos diversas iniciativas relacionados com a temática do repovoamento arbóreo e arbustivo autóctone da Serra da Lousã e combate às espécies infestantes, tendo como base logística o viveiro de espécies autóctones de Vila Nova do Ceira, que se encontra actualmente a reproduzir espécies como o Azereiro, o azevinho, o carvalho, o folhado, o loureiro, o sobreiro e o teixo. Estes eventos têm como objectivo: combater espécies infestantes; apanhar sementes; transplantar espécies; estimular a interpretação ambiental; plantar árvores.

 

ALOJAMENTOS NA REGIÃO

CASA DE CAMPO DA COMAREIRA DE GÓIS - LOUSITÂNEA

Os participantes nestas actividades podem ficar alojados na Casa da Comareira de Góis (Casa de Campo), unidade hoteleira com 3 quartos gerida pela Lousitânea, situada numa das aldeias de xisto da Serra da Lousã. Já sabem os sócios da Lousitânea têm desconto de 10%. As receitas revertem para o Fundo de Preservação da Serra da Lousã.  Contactos – 235 77 8644 /96 9847852 / lousitanea@sapo.pt .

 

Outros alojamentos

- Casa da Cerejinha – na Aldeia da Pena – contactos – 914009194 / margab@mail.telepac.pt

- Casa de S. Francisco – Chã de Álvares – 938097665 / 210353075 / 235581002 /casasaofrancisco@sapo.pt  

Poderá encontrar outras sugestões de actividades na região em www.transserrano.com

 

SERRA DA LOUSÃ… UMA SERRA DE ENCANTOS!!!

 

 

Esta mensagem está de acordo com a legislação Europeia sobre o envio de
mensagens comerciais: Qualquer mensagem deverá estar claramente identificada
com os dados do emissor e deverá proporcionar ao receptor a hipótese de ser
removido da lista. Para ser removido da nossa lista, deverá responder a este
e-mail com o titulo "remover". (Directiva 2000/31/CE do Parlamento Europeu;
Relatório A5-0270/2001 do Parlamento Europeu).

 

Pela Serra da Lousã - Uma Serra de Encantos!
 
Lousitânea - Liga de Amigos da Serra da Lousã
Lg. Francisco Inácio Dias Nogueira, 2 r/c
3330-308 GÓIS
Tel/fax: 235778644
lousitanea@sapo.pt
www.lousitanea.no.sapo.pt
Link do postPor Marta Santos, às 13:25  Ver comentários (1) Comentar

9.10.07
Para todos os interessados em agricultura biológica têm aqui uma excelente oportunidade para ficar a saber mais do assunto.

A APCE - Associação de Paralisia Cerebral de Évora vai organizar nos próximos dias 26 e 27 de Outubro a formação: "Agricultura biológica - Uma agricultura sustentável"

Para mais informações aqui ficam os contactos, visto não me ser possível publicar o flyer da acção.

Contactos:

APPC de Évora
Av. Dinis Miranda, n.º23
7000 - 751 Évora
Telef. 266 757380
Fax 266 757381
Link do postPor Marta Santos, às 12:30  Ver comentários (6) Comentar

14.9.07
Link do postPor Marta Santos, às 17:25  Ver comentários (4) Comentar

A primeira vista são apenas imagens que retratam os encantos naturais dos rios franceses. Mas invisíveis no meio da beleza destas correntes estão escondidos perigos para a saúde pública.

A poluição com nitratos é um problema em vários pontos de captação de água potável em França. Chegaram a ser 37, as bacias hidrográficas poluídas. Hoje são apenas 9 e as medidas que Paris diz estar a colocar em prática levaram a Comissão Europeia a suspender a acção que tem pendente na justiça que pode levar o estado francês a pagar uma multa de 28 milhões de euros.

Os pontos negros estão situados essencialmente no noroeste da França, nomeadamente na Bretanha onde se concentram metade das suiniculturas e aviários franceses, para além de 30% da criação bovina a que à que juntar ainda a produção intensiva de legumes. Resultado: em 9 bacias hidrográficas, a concentração de nitratos ultrapassa os 0,5 miligramas por litro, autorizados pela directiva comunitária de 1975.

Até 2009, a França promete entrar na legalidade. A Comissão Europeia vai estar muito atenta aos esforços de Paris para garantir uma água de qualidade para as gerações vindouras.

Clica aqui para veres a reportagem em vídeo
Fonte: Euronews
Link do postPor Marta Santos, às 16:57  Ver comentários (5) Comentar

12.9.07



A descarga para o braço sul do rio Mondego de diversos agentes poluentes está a preocupar as associações ambientais Pró-Fauna e AquaMondego. Mas a situação parece já não ser nova, como explicou ao nosso Jornal José Luís Ribeiro, da Pró-Fauna. «Da nossa parte, há anos que andamos a denunciar as descargas permanentes junto às conserveiras, de óleos e cargas enormíssimas de matéria orgânica, com temperaturas elevadas, poluentes que, em maré enchente entra para dentro do estuário prejudicando as áreas mais sensíveis».


Mas aquele responsável vai mais longe e fala ainda de «lixeiras a céu aberto com peixe em putrefacção, sendo que estão permanentemente a abrir novas lixeiras, o que é um verdadeiro escândalo», afirma, recordando que a associação a que pertence tem dado conta da situação a diversos organismos, mas «as instituições oficiais, quando tomam conhecimento não surte qualquer efeito, não estão sensibilizadas, é um processo burocrático que não se traduz em nada por parte dos prevaricadores».
«Continuam a fazer o mesmo, apesar de serem produtos altamente poluentes», frisa o professor universitário, com diversos trabalhos efectuados sobre os impactos negativos do estuário «que têm a ver com esta situação». Mais, «prejudica de forma incrível, toda a aquacultura a montante, sal e piscicultura, com diminuição drástica da qualidade da água»., adianta.

Mas não é só esta associação que está preocupada. Também os elementos da AquaMondego têm estado atentos e manifestam-se inquietos com a situação. «A semana passada aconteceu algumas vezes, e hoje na ponte, vi a mancha bastante grande pela margem do rio e a sair muita espuma da tubagem, supostamente de uma estação de tratamento que deveria existir e parece que não existe», frisou, focando que os detritos poderão ter origem na(s) conserveira(s). «Era espuma e água gordurosa a sair da fábrica», disse, preocupado até porque têm existido «problemas com as obras da ponte e morreu muito peixe, continuam-se a fazer descargas e não há fiscalização», adiantou.
Atendendo ao foco de alegada poluição e ao «mau» cheiro que se sentia, no local esteve uma equipa de Protecção da Natureza e Ambiente da GNR, do Destacamento de Montemor-o-Velho. «Houve uma denuncia de mau cheiros e face à situação a equipa efectuou a recolha de água do local em causa, que foi entregue no laboratório para ser analisada», explicou fonte daquele Destacamento, adiantando que a actuação irá depender do resultado das análises. No entanto, sustentou, «há duas firmas que eventualmente estarão na origem das descargas, uma tem ETAR (Estação de Tratamento de Águas Residuais) e a outra não. Relativamente à que tem, se os parâmetros estiverem normais, nada será feito, quanto à outra, será levantado um auto de notícia por contra-ordenação», disse.
Entretanto, ainda segundo apuramos, ontem ao longo de todo o dia, uma equipa da ASAE esteve nas fábricas conserveiras, mas o resultado só hoje será conhecido. Da assessoria de imprensa daquele organismo, veio a confirmação de que a operação decorreu a nível nacional, numa «acção efectiva às indústrias conserveiras», que passou pela Figueira, toda a região Centro e Algarve. 

Fonte: Diário de Coimbra
Link do postPor Marta Santos, às 17:40  Ver comentários (1) Comentar

Portugal alcançou, durante o mês de Agosto, os 2000 MW de potência instalada em parques eólicos. «Esta fonte de produção de energia encontra-se em crescente desenvolvimento e já assegura cerca de oito por cento de electricidade consumida anualmente no País, prevendo-se que em 2010 este valor atinja os 15 por cento», salienta a Associação de Energias Renováveis (Apren).

Actualmente, com os aerogeradores já instalados em Portugal, estima-se que em cada hora de consumo de electricidade cinco minutos sejam de origem eólica.

«A aposta em parques eólicos feita um pouco por todo o País, nos últimos anos, está a ser concretizada aos poucos, permitindo aos consumidores de electricidade libertarem-se progressivamente do jugo imposto pelos produtores de combustíveis fósseis», acrescenta a associação.

Fonte: Portal Ambiente Online

Link do postPor Marta Santos, às 17:37  Comentar


Olá a todos! Aqui está um novo blog "verde" por sinal, aqui ficarão registados pequenos apontamentos acerca do nosso mundo natural, ecologia, ambiente, entre outros... O objectivo? Aprendermos todos um pouco mais. Esperemos que gostem!
Pesquisar no Verde
 
Maio 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


Semana no Verde

2ª feira - Fauna & Flora
ver
3ª - Locais Verdes
ver
4ª - Conselhos Verdes
ver
5ª feira - Imagem Verde da Semana
ver
6ª feira - Blog/Associação Verde da Semana
ver
Contactar o Verde
Se tiver algo a dizer sobre o Verde, não hesite em contactar-lo. A sua opinião será sempre útil e bem vinda. Os contactos são: daniela_urbano1@hotmail.com andre.f.veiga@gmail.com
Comentários Recentes
Acabei de avistar uma Poupa, ave de extrema beleza...
o mundo precisa dessa ação!Temos que ter mais aten...
Além das propriedades medicinais, também é comestí...
Posts mais Comentados
55 Comentários
28 Comentários
subscrever feeds
blogs SAPO