8.10.07

Nome comum: Poupa

Nome científico: Upupa epops

Nome em inglês: Hoopoe

Há muito que não escrevia nesta secção! Isto das lides bloguísticas tem estado um pouco em segundo plano devido a muitos factores externos que não vou referir aqui pois este post não tem nada a ver com isso.

Portanto voltando à questão que me trouxe aqui, falo desta vez da Poupa. Pertencente à família  Upupidae (aves upopiformes ), esta ave encontra-se distribuída pela Europa, zonas tropicais da Àsia , toda a Àfrica excepto zonas desérticas e pelo Madagáscar. É característica de zonas agrícolas ou pastagens com pequenas matas e arbustos.

Com um comprimento de 26 a 28 centímetros, e uma envergadura de 42 a 46 centímetros, esta ave não pesa mais que 80 gramas e tem uma esperança média de vida de 11 anos.

Esta ave é caracterizada por possuir um bico comprido e arqueado, com uma crista eréctil. É esta crista em forma de poupa que lhe dá o nome. A sua plumagem é acastanhada , com as asas largas e arredondadas de listas pretas e brancas. A sua cauda longa é preta com uma barra branca larga. As patas são acinzentadas e curtas.

O seu canto é um característico hoop-hoop-hoop que pode ser repetido ao longo de vários minutos.

Nidifica em buracos de árvores e muros de pedra. A postura é efectuada entre Agosto e Outubro e é constituída por 2 a 7 ovos que variam entre as cores cinzento e amarelo. A incubação que dura cerca de 18 dias é efectuada pela fêmea. Ao fim de 3 ou 4 semanas, as crias estão prontas para os seus primeiros voos.

A principal característica dos ninhos das poupas é talvez o seu cheiro fétido, extremamente desagradável. O mau cheiro não se deve a falta de higiene no ninho, pois sabe-se que a fêmea o limpa cuidadosamente de todos os detritos, mas representa uma estratégia contra predadores. A fêmea e os juvenis desta espécie possuem uma glândula uropigial, capaz de segregar o líquido responsável pelo mau cheiro, que é expelido em caso de ameaça.

Desconfiada, passa grande parte do tempo a alimentar-se no solo. Caminha errantemente, mudando constantemente de direcção. Inverna em África. Voa frequentemente a baixa altitude, rente ao solo. Voo com ondulações curtas e batimentos irregulares, intercalados com deslizes. Ao aterrar, levanta a poupa, por breves instantes.

O estado de conservação da poupa é seguro, mas a espécie encontra-se em regressão na Europa. No último século desapareceu da Suécia, Holanda, Bélgica e grande parte da Alemanha, sobretudo devido à alteração das práticas agrícolas e à introdução do uso de insecticidas.

Alimenta-se essencialmente de minhocas e insectos. Embora prefira alimentar-se no solo, é também capaz de caçar insectos em voo.

Link do postPor Ventura, às 01:27  Comentar

De Helder a 6 de Abril de 2009 às 11:52
Julgo ser então que foi uma poupa que encontrei hoje de manhã. Vinha calmamente para o trabalho quando ia quase pisando uma à beira da estrada. Agarrei-a e levei-a para casa para que, quando for almoçar, tente saber o que se passa com ela. como é pequena talvez não esteja muito bem da asa ou a tenha partido ao cair do ninho talvez (encontrei-a debaixo de um daqueles grandes plátanos que se encontram à beira da estrada).
Quando a tentei agarrar ela só corria um bocadinho e mal esbateu as asas para tentar fugir.

Vocês são entendidos na matéria? Sabem o que posso fazer ou dar-lhe por forma a que ela se possa desenvolver e posteriormente soltá-la (estou com o pressentimento que uma ave destas que está habituada a ambientes livres se dê mal e acabe por morrer...)

De Anónimo a 17 de Julho de 2009 às 17:33

eu vi esse passaro hoje em tavira mas nao sabia o nome dele nem o encontrava agora encontrei aki ele e lindo principalmente as suas asas

De Anónimo a 29 de Abril de 2012 às 09:41
Vi uma há pouco tempo, no Barreiro. São tão bonitas e é uma pena que estejam em regressão. Há que proteger esta espécie. É tão linda. Nunca encontrei uma ave destas na minha vida e estou encantada!

De José Campos a 18 de Agosto de 2012 às 19:31
Gostei de ler a descrição sobre o pássaro Poupas. Esta tarde (18 Agosto 2012)  vi 2 deles no jardim público Goes, perto da minha casa, voavam junto ao solo e alimentavam-se do que encontravam; julgo serem
 um casal. Volta e meia mostravam a poupa toda aberta! José Campos, S. Sebastião, Setúbal

De Teresa a 20 de Maio de 2016 às 23:29
salvei uma ontem em S Martinho do Porto. É uma ave linda!

De Rosana Guedes a 11 de Outubro de 2019 às 17:07
Acabei de avistar uma Poupa, ave de extrema beleza em Olhão, no Algarve. Fiquei apaixonada pelas cores e desenhos únicos.

Olá a todos! Aqui está um novo blog "verde" por sinal, aqui ficarão registados pequenos apontamentos acerca do nosso mundo natural, ecologia, ambiente, entre outros... O objectivo? Aprendermos todos um pouco mais. Esperemos que gostem!
Pesquisar no Verde
 
Outubro 2007
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
13

14
15
16
17
18
19
20

24
25
26
27

28
29
30
31


Semana no Verde

2ª feira - Fauna & Flora
ver
3ª - Locais Verdes
ver
4ª - Conselhos Verdes
ver
5ª feira - Imagem Verde da Semana
ver
6ª feira - Blog/Associação Verde da Semana
ver
Contactar o Verde
Se tiver algo a dizer sobre o Verde, não hesite em contactar-lo. A sua opinião será sempre útil e bem vinda. Os contactos são: daniela_urbano1@hotmail.com andre.f.veiga@gmail.com
Comentários Recentes
Boa noite! Tenho uma porquinha e seu nome é Branqu...
Porquinhos da índia são apaixonantes.Mas em toda m...
Acabei de avistar uma Poupa, ave de extrema beleza...
Posts mais Comentados
57 Comentários
28 Comentários
blogs SAPO