Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Blog Verde

O Blog Verde

Contactar o Verde

Se tiver algo a dizer sobre o Verde, não hesite em contactar-lo. A sua opinião será sempre útil e bem vinda. Os contactos são: daniela_urbano1@hotmail.com andre.f.veiga@gmail.com
13 Jul, 2007

Papel Reciclado

Concerteza que todos vocês sabem o que é e, já ouviram falar. Mas como nunca é demais relembrar, deixo-vos aqui alguma informação acerca deste assunto, nomeadamente, uma pequena "definição" e as principais vantagens da sua utilização.


 

Define-se papel reciclado como o papel produzido com uma tecnologia específica, utilizando como matéria-prima exclusiva o papel usado pelo consumidor. A sua recolha selectiva evita que o papel seja eliminado, recuperando assim a fibra celulósica, a qual, sem esta tecnologia de recuperação, se converteria numa perda económica e ambiental. Dispõe-se assim, de um novo produto com uma qualidade equivalente à dos papéis tradicionais, produzidos com posta química.


Não se considera como reciclado o produto produzido com papel reutilizado dentro do circuito interno de fabrico de papel ou procedente do circuito de transformação de bobines em resmas, com o objectivo de fabricar produtos de consumo final que se caracterizam por um grau elevado de brancura.



As principais vantagens do papel reciclado na perspectiva do envolvimento natural são:

  • Diminuição da necessidade de recursos naturais, que aliviará a pressão que existe sobre as massas florestais, permitindo a sua exploração mais racional. Isto favorecerá o aumento do coberto vegetal do Planeta, contribuindo para absorver o CO2 produzido pelos consumos energéticos.
  • Poupança de 62,5% no consumo de energia primária, ao reutilizar as fibras celulósicas, evitando o emprego de dispendiosos processos químicos ou mecânicos para a sua obtenção.
  • Poupança de 86% na utilização de água para o fabrico de papel.
  • Diminuição global de 92% nos níveis de contaminação de água, atmosfera e elementos sólidos.
  • Diminuição do crescimento das lixeiras, ao evitar a acumulação dos materiais sólidos e recuperar a fibra celulósica. Nas sociedades desenvolvidas chega a representar até 30% do volume dos R.S.U. (Resíduos Sólidos Urbanos).
  • O papel reciclado pode recuperar-se sucessivamente para voltar à fábrica, já que na sua técnica de fabrico não destroí as fibras nem as suas propriedades físico-mecânicas.
  • Alta qualidade de produto e, em consequência, grande rendimento, o que benefecia o ambiente pela poupança de recursos que origina.

Semana no Verde


2ª feira - Fauna & Flora
ver
3ª - Locais Verdes
ver
4ª - Conselhos Verdes
ver
5ª feira - Imagem Verde da Semana
ver
6ª feira - Blog/Associação Verde da Semana
ver

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.