Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Blog Verde

O Blog Verde

Contactar o Verde

Se tiver algo a dizer sobre o Verde, não hesite em contactar-lo. A sua opinião será sempre útil e bem vinda. Os contactos são: daniela_urbano1@hotmail.com andre.f.veiga@gmail.com

 

 

Não sou assim tão velho mas recordo-me de ter usado livros emprestados dos meus irmãos, de familiares ou de amigos... E foram usados durante vários anos lectivos sem se tornarem obsoletos. Também sou do tempo em que não se escrevia nos livros e por esta razão podiam ser reutilizados bastantes vezes. Cumpria-se uma regra: os exercícios eram resolvidos nas sebentas ou nos cadernos diários.

 

Agora é diferente. As editoras insistem em fazer com que os alunos escrevam nos próprios manuais - inutilizando-os de forma a não facilitar a reutilização.

 

Mas sobre isto já as associações de pais e o próprio Governo se têm debatido e legislado (Lei 47/2006, de 28 de Agosto). Muito se tem escrito mas pouco se tem feito... até há pouco tempo.

 

Felizmente agora existe o Clube dos Livros, projecto que tem o apoio de diversas entidades.

 

Esta semana experimentei este novo método de aquisição de livros. Em poucas palavras é assim que funciona:

 

1º - Através dos "Livrões" o Clube recolhe livros usados, mas em bom estado de conservação e paga 20% do seu valor - ganhamos na venda!

2º - O Clube vende os manuais escolares em "2ª mão" por 50% do valor do livro - poupamos na compra!

 

Assim, poupam os Pais. Ganha o Ambiente. Ganhamos todos nós!

 

Eu já me registei. Encomendei os livros eem 48 horas entregaram-nos em mão. Estão usados mas em perfeito estado de conservação.

 

Faça como eu: Registe-se no Cube dos Livros e comece já a ganhar e a proteger o ambiente.

 

 

 

O programa da ONU para o Meio Ambiente e o Google Earth lançaram uma ferramenta que possibilita o visionamento de imagens de satélite de locais que têm sofrido várias alterações devido ao aquecimento global, informa a agência Europa Press.

 

Os glaciares da Gronelândia e do Alasca e os bosques de Madagáscar são alguns dos 200 sítios que estarão disponíveis.

Achim Steiner, director-executivo do programa da ONU para o Meio Ambiente, revelou que o principal objectivo é mostrar, com realismo, o que o aquecimento global está a fazer à Terra e, consequentemente, mudar as mentalidades.

Esta iniciativa mostra «que a humanidade também é capaz de empreender mudanças positivas e inteligentes».

Fonte: Portugal Diário IOL

 

 

O objectivo a que se propõe a Câmara Municipal de Óbidos é o de baixar o consumo energético em 40 por cento, ou seja, o dobro daquilo que a União Europeia exige, até 2020, tornando-se a primeira eco-vila do país.

 

 

«É um objectivo possível de alcançar mesmo antes dessa data. Só a iluminação pública vai permitir uma redução de 20 por cento», disse Humberto Marques, vereador do ambiente da Câmara Municipal de Óbidos, ao RCP.

 

Para isso, a autarquia já adoptou 24 medidas para reduzir os gases com efeito de estufa, incluindo a substituição progressiva das lâmpadas incandescentes nos edifícios municipais e iluminação pública.

 

Esta iniciativa vai passar também pelas habitações sociais, que vão produzir energética renovável: «Quisemos dar oportunidade às famílias mais carenciadas de lhes reduzir o seu custo mensal. Estas pessoas vão ter um painel fotovoltaico, um painel solar, todos os meios de redução energética, como vidros de alumínio, para terem uma habitação com a maior eficiência possível».

 

A Câmara de Óbidos pretende que toda a frota municipal passe a mover-se a energia eléctrica e, depois, com o recurso ao biodisel. «Temos todas as condições para começar a introduzir o biodiesel presumo que em finais de Setembro. Poderemos falar numa redução de 30 por cento só com a frota municipal», assegurou.

 

Só no último ano, a reciclagem permitiu ao município reduzir em 440 toneladas as emissões de CO2.

 

Fonte: Portugal Diário IOL

 

 

ECOPRODUTOS

 

A ecoprodutos vende produtos ecologicamente responsáveis, para toda a família.

Os produtos ecologicamente responsáveis, apresentam menor risco à saúde humana e menor impacto possível ao meio ambiente quando comparados a outros produtos com a mesma finalidade.

Os produtos ecológicos criam um ambiente mais saudável, para pessoas que sofram de alergias, asma e sensibilidade a produtos químicos, também pode fornecer algum alívio para alguns problemas da pele mais comuns tais como eczema, dermatites.

Só comercializa marcas em que têm total confiança.

 

Semana no Verde


2ª feira - Fauna & Flora
ver
3ª - Locais Verdes
ver
4ª - Conselhos Verdes
ver
5ª feira - Imagem Verde da Semana
ver
6ª feira - Blog/Associação Verde da Semana
ver

Pág. 2/2