27.8.07

Um grupo de turistas teve a desagradável surpresa de assistir à arpoagem, por pescadores nipónicos, de uma baleia que tinham acabado de observar ao largo da ilha de Hokkaido (norte do Japão), escreve hoje o diário Mainichi Shimbun.

As duas dezenas de turistas, entre os quais estrangeiros, viajavam numa embarcação de observação na esperança de ver cetáceos no mar de Okhotsk e de facto viram uma baleia no estreito de Baird, mas esta estava a ser arpoada por um um navio baleeiro.

Segundo o jornal, vários turistas sentiram-se nauseados perante o sangrento espectáculo e as crianças entraram em choque.

A baleia de Baird (Berardius bairdii), contudo, não é considerada uma espécie ameaçada, de acordo com o jornal Mainichi Shimbun.

As saídas para o mar para observar cetáceos tornou-se uma indústria em plena expansão em Hokkaido e noutros lugares do Japão, mas esta actividade dificilmente se conjuga com a tradição nipónica da caça à baleia.

O Japão contorna todos os anos a moratória internacional em vigor desde 1986 pescando um milhar de baleias para fins «científicos», o que lhe vale sistemáticas criticas das associações ecologistas anglo-saxónicas.

O governo japonês esforça-se por defender a práctica de caça à baleia, que considera como fazendo parte das tradições culturais e culinárias nacionais.

Diário Digital / Lusa

Link do postPor Ventura, às 21:37  Comentar

20.8.07

Nome comum: Mobelha-pequena

Nome científico: Gavia stellata

Nome em inglês: Red-Throated Diver Red-Throated Loon  na América do Norte)

Distribuídas pela Eurásia e pelo Canadá, esta ave esbelta e graciosa, é a mais pequena e a mais distribuída  pertencente à família Gaviidae . Ao contrário dos seus parentes mais próximos, que necessitam de uma grande distancia para levantar vôo , esta consegue levantar vôo em pequenos charcos.

Normalmente possui um comprimento de 55 a 87 centímetros, com uma envergadura de 91 a 110 centímetros . Os adultos possuem a cabeça cinzenta, um pescoço largo com a garganta avermelhada. No inverno  o seu corpo é mais claro e no verão mais escuro. A íris também é vermelha. O seu peso varia entre o 1 e 1.2Kg . O macho é um pouco maior que a fêmea.

Como adaptação ao mergulho, as suas narinas são estreitas e alongadas. Esta espécie, coo todas as mergulhadoras, é uma especialista na caça aos peixes chegando a mergulhar a uma profundidade superior a 7.5 metros. No chão estas aves são muito trapalhonas .

Esta ave é monogâmica a longo termo, ou seja, possui apenas um companheiro durante muito tempo. O seu ritual de acasalamento é complexo e a copulação é repetida várias vezes.

Costuma reproduzir-se em lagos e passam o inverno ao largo da costa. A fêmea costuma ter uma postura de 2 ovos, que são incubados pelos dois progenitores durante 28 dias. Após os ovos eclodirem inicia-se uma competição entre os dois jovens pelo alimento o que acaba por levar à morte de um deles (o mais fraco).

Link do postPor Ventura, às 10:00  Comentar

18.8.07
Olá caros leitores.

Quem frequentemente visita o blog pode aperceber-se com facilidade que estamos a faltar ao prometido. Anunciamos uma agenda semanal que não temos cumprido rigorosamente, havendo alguns atrasos e até mesmo algumas faltas.

Acontece que a maioria do staff do blog está de férias, nomeadamente o Ventura e o André. Quanto à Daniela está a trabalhar nas férias e chega cansada sem tempo nem cabeça para se dedicar ao blog, apesar de tudo tem feito um excelente esforço para manter a rubrica onselhos verdes.

O Jorge quase que não conta, visto que ele foi adicionado não para ser um colaborador regular mas apenas para colmatar algumas falhas a nível de HTML que as administradoras (eu e a Daniela) não conseguimos resolver e para postar o que encontrasse e entendesse.

Sobro eu, que embora esteja de férias não me ausentei muito, ou por muitos dias de um computador com ligação à internet e lá vou tentando actualizar no que posso e no que sei o nosso querido blog. No entanto também não disponho de todo o tempo como dispus há um tempo atrás. Acontece que a partir de segunda feira começarei também eu a trabalhar, ou seja é bem provável que deixe de postar com regularidade.

Deixo desde já a minhas mais sinceras desculpas em meu nome e de todos os colaboradores e o desejo de que em Setembro o Verde voltará em grande forma.


Obrigado
tags:
Link do postPor Marta Santos, às 23:02  Ver comentários (2) Comentar

Foi na Suiça junto junto a um dos glaciares do Alpes que 600 voluntários se despiram de preconceitos para alertar para o aquecimento global.

A iniciativa partiu da organização Greenpeace, com vista a alertar as autoridades e também a população em geral para este flagelo, que aqui em pleno coração da Europa é tão evidente, os glaciares dos Alpes têm recuado imenso e a este ritmo teme-se que em 2080 não sobrevivam nenhuns, ficando apenas vales escarpados onde estes estiveram. O efeito global deste degelo em particular será gigantesco como já foi anunciado diversas vezes por estudos científicos mas ao que parece ainda muito há por fazer.

Para verem mais sobre esta acção cliquem aqui

Para descobrirem algumas informações sobre os glaciares e o degelo pesquisem aqui mesmo no verde por alterações climáticas, degelo, glaciar, aquecimento global. Ou na web.

Link do postPor Marta Santos, às 22:50  Comentar

15.8.07

Esta semana deixo-vos alguns conselhos disponibilizados pela SEPNA:

INCÊNDIOS FLORESTAIS

  • No campo, não fazer fogo desnecessário e fora dos locais habilitados, apagando completamente qualquer espécie de lume antes de abandonar os locais
  • Colaborar com as autoridades na vigilância e investigação, comunicando urgentemente qualquer foco de incêndio que observe e facultando a identidade dos presumíveis infractores, se os conhecer

 

TURISMO E DESPORTOS

  • No meio natural, não circular com veículos fora dos locais habilitados para o efeito
  • Não efectuar acampamentos em locais proibidos, nem deteriorar com lixos o meio ambiente
  • Nas praias, não deixar qualquer espécie de lixo ao abandono, devendo o mesmo ser colocado no contentor mais próximo. Se o mesmo se encontrar afastado, guardar todo o lixo que fizer durante o período que permanecer na praia, colocando-o no contentor quando abandonar o local.
  • No campo ou em qualquer área protegida, não retirar nenhum objecto do seu meio natural, nem molestar ou apanhar qualquer tipo de vegetação ou animal

PATRIMÓNIO HISTÓRICO

  • Não espoliar os achados arqueológicos e demais lugares naturais com riqueza histórica

ÁGUAS

  • Por ser um bem escasso, racionalizar o seu uso, não a desperdiçando
  • Não atirar para as águas qualquer tipo de objectos e produtos contaminantes

   

ATMOSFERA

  • Evitar a produção de fumos ou outros contaminantes atmosféricos, por queima de resíduos ou produtos tóxicos
  • Evitar, o mais possível, a utilização de produtos deteriorantes da camada do ozono

   

RUÍDO

  • Não produzir ruídos elevados ou incomodativos para outras pessoas

RESÍDUOS

  • Seleccioná-los e depositá-los nos locais estabelecidos pelas autoridades
  • Os tóxicos e perigosos (pilhas, tintas, pneus, óleos, etc), entregá-los em locais ou a gestores autorizados para a sua reciclagem ou eliminação
  • No consumo diário, procurar a utilização de produtos e pacotes biodegradáveis e recicláveis

FAUNA E FLORA

  • Não comprar animais ou plantas exóticas, incluindo partes ou derivados, se não tiver certeza da sua legal proveniência
  • Não tirar fotografias com animais objecto de exploração turística ou infantil, em praias ou qualquer outro local
  • No campo, não molestar os animais nem cortar ou maltratar árvores ou plantas
  • Não utilizar plantas vivas como “árvore de natal”

OUTRAS MEDIDAS DE INTERESSE

  • Denunciar às Autoridades qualquer acto que observe contrário à protecção e conservação do meio ambiente, em especial:
    • Comércio ilegal de espécimes da fauna e flora
    • Contaminação de águas ou atmosfera
    • Espólio de ninhos de aves
    • Caça ou pesca ilegal
    • Cortes de árvores sem autorização
    • Maltrato de animais
    • Construção de vertedores ilegais
    • Depósitos ilegais de resíduos tóxicos

EDUCAÇÃO AMBIENTAL

  • Difunda no seu ambiente (família, trabalho, grupo social) condutas de respeito pela natureza e meio ambiente


A Sociedade Ponto Verde (SPV) e o Instituto Português da Juventude (IPJ) estão à procura de projectos na área do ambiente, liderados por jovens, no sentido de elegerem um grupo que represente Portugal no Eco-Parlamento, «Youth Eco Parliament» no original (YEP).

Dirigido a jovens entre os 15 e os 17 anos, que tenham interesse pela protecção e preservação do ambiente, o YEP terá a sua fase final no congresso da Pro Europe, que decorrerá em Maio do próximo ano, em Praga.

 O Eco-Parlamento junta jovens europeus e do Canadá com um projecto de protecção ambiental, de sensibilização ou de educação ambiental, que procure criar uma mudança de comportamentos numa comunidade mais ou menos alargada, com o objectivo de contribuir activamente para novos hábitos diários da população.

As candidaturas podem ser efectuadas até ao dia 28 de Setembro e os dois projectos seleccionados serão conhecidos durante a primeira quinzena de Outubro. Os vencedores vão colaborar no site do programa e num trabalho conjunto com os participantes dos restantes países.

Entre 27 e 28 de Outubro, Paris será o palco do encontro onde os delegados de cada um dos países irá discutir as propostas e decidir, em conjunto, qual será o conteúdo do relatório final do YEP a apresentar em Maio do próximo ano.

(Para mais informações clica nas imagens)

   

(Diário Digital)

Link do postPor Ventura, às 01:27  Comentar

14.8.07


Na minha zona, junto à serra dos Candeeiros o alecrim é algo que sempre esteve presente, e onde os nossos avós nos contam histórias em que se faziam grandes fogueiras de alecrim pelos santos que perfumavam toda a aldeia, mas os tempos mudam e hoje o alecrim está integrado em zonas protegidas e já nada é como antes.

O alecrim ou rosmaninho (Rosmarinus officinalis) é um arbusto comum na região do Mediterrâneo. Devido ao seu aroma característico, os romanos designavam-no como rosmarinus, que em latim significa orvalho do mar.

Arbusto muito ramificado, sempre verde, com hastes lenhosas, folhas pequenas e finas, opostas, lanceoladas. A parte inferior das folhas é de cor verde-acinzentada, enquanto a superior é quase prateada. As flores reúnem-se em espiguilhas terminais e são de cor azul ou esbranquiçada. O fruto é um aquênio. Floresce quase todo o ano e não necessita de cuidados especiais nos jardins.

Toda a planta exala um aroma forte e agradável. Utilizada com fins culinários, medicinais, religiosos, a sua essência também é utilizada em perfumaria, como por exemplo, na produção da água-de-colônia, pois contém tanino, óleo essencial, pinere, cânfora e outros princípios ativos que lhe conferem propriedades excitantes, tônicas e estimulantes.

A sua flor é muita apreciada pelas abelhas produzindo assim um mel de extrema qualidade. Há quem plante alecrim perto de apiários, para influenciar o sabor do mel.


Quis também a tradição que se fizesse uma música sobre este agradável arbusto. Pergunto-me se todos vocês a conhecerão...

Alecrim, alecrim aos molhos,
por causa de ti choram os meus olhos.
Ai, meu amor, quem te disse a ti
que a flor do monte era o alecrim?!


Alecrim, alecrim dourado,
que nasce no monte sem ser semeado.
Ai, meu amor, quem te disse a ti
que a flor do monte era o alecrim?!
Link do postPor Marta Santos, às 13:05  Ver comentários (4) Comentar

11.8.07
"Blog da Mobilidade Sustentável. Pelo ambiente, pelas cidades, pelas pessoas"

É assim que o descrevem. Escrito por dois autores cuja intenção é mostrar-nos o quão mal desenhadas estão as nossas cidades para quem não se desloca de automóvel, apresentam algumas soluções e exemplos bem sucedidos de outras cidades e países. A ideia é que cada um de nós pense duas vezes antes de pegar no carro e tentar optar por outros meios de transporte. O blog Menos um carro tenta mostrar às pessoas como a nossa típica mentalidade portuguesa precisa de mudar no que toca à mobilidade, tal como afirmam pelo ambiente, pelas cidades e pelas pessoas...


Link do postPor Marta Santos, às 11:27  Ver comentários (2) Comentar

Olá a todos!

Devido às férias ou trabalhos de férias da maioria dos colaboradores, às férias dos nossos visitantes e também um pouco à falta de ideias a rubrica pergunta da semana vai ser publicada quinzenalmente. Com o tempo talvez voltemos a uma pergunta semanal, mas por agora fica assim.

Espero que todos continuem a ler o que é dito sobre cada tema e a votar.

Obrigado
Link do postPor Marta Santos, às 11:25  Comentar

DiCaprio faz filme sobre Ambiente!

Leonardo DiCaprio produziu um filme sobre os impactos da actividade humana no Planeta Terra. "A 11ª Hora" estreia dia 17 nos EUA, mas ainda não tem data marcada para chegar às salas portuguesas.

O documentário apela, entre outras coisas, para uma reflexão sobre a actividade humana, e aponta pistas para um futuro de equilíbrio entre o Homem e o Sistema Terra de que é parte.

“Foi uma experiência intensa ouvir o que estes cientistas têm para dizer. É um assunto que toca a todos, e em todos os aspectos da vida”, explicou Leonardo DiCaprio.

Fonte: Sic online


Link do postPor Daniela, às 02:34  Comentar

Olá a todos! Aqui está um novo blog "verde" por sinal, aqui ficarão registados pequenos apontamentos acerca do nosso mundo natural, ecologia, ambiente, entre outros... O objectivo? Aprendermos todos um pouco mais. Esperemos que gostem!
Pesquisar no Verde
 
Agosto 2007
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10

12
13
16
17

19
21
22
23
24
25

26
28
29
30
31


Semana no Verde

2ª feira - Fauna & Flora
ver
3ª - Locais Verdes
ver
4ª - Conselhos Verdes
ver
5ª feira - Imagem Verde da Semana
ver
6ª feira - Blog/Associação Verde da Semana
ver
Contactar o Verde
Se tiver algo a dizer sobre o Verde, não hesite em contactar-lo. A sua opinião será sempre útil e bem vinda. Os contactos são: daniela_urbano1@hotmail.com andre.f.veiga@gmail.com
Comentários Recentes
PARA O HERPES...FREQUÊNCIAS RIFE:https://www.youtu...
ACABEI DE VIR DA PRAIA DA BOA NOVA EM LEÇA DA PALM...
DEVE SER EXACTAMENTE POR TER ALTAS QUALIDADES FITO...
Posts mais Comentados
53 Comentários
28 Comentários
subscrever feeds
blogs SAPO