19.9.08

A Universidade do Algarve (UAlg) volta a responder ao repto lançado anualmente pela Organização Marítima Internacional (OMI) para celebrar o Dia Mundial do Mar (25 de Setembro) e organiza de 25 a 28 de Setembro a II Semana pelo Mar.

Com o programa de comemorações, que se relaciona com a temática dos Transportes Marítimos, a Universidade do Algarve pretende envolver toda a comunidade na protecção e preservação do ambiente, consciencializando-a relativamente à importância dos oceanos e das zonas costeiras. Através desta iniciativa, que é coordenada em Portugal pelo Instituto Portuário e dos Transportes Marítimos (IPTM), em articulação com outras entidades intervenientes nas áreas da segurança marítima e preservação do meio marinho, a UAlg pretende ainda aproximar os jovens em idade escolar da realidade marítima (estuarina, lagunar, costeira e fluvial) que lhe é próxima, facultando-lhes uma percepção integrada dos seus valores e dos riscos que ameaçam a sua preservação e sobrevivência futuras.

Com uma tenda situada no Jardim Pescador Olhanense, na cidade de Olhão, a II Semana pelo Mar conta ainda com várias outras iniciativas programadas, como um concurso de graffitis e uma exposição de barcos miniaturas. Este ano o ponto alto do evento será um concurso de construção de embarcações, cujo objectivo é conceber e construir uma embarcação que deverá efectuar um percurso pré-definido num plano de água com pelo menos uma pessoa a bordo.
É importante estabelecer uma ligação entre a comunidade algarvia e a Universidade do Algarve num domínio tão relevante para ambos como o Mar”, explica a Prof.ª Cristina Veiga Pires, responsável pela Comissão Organizadora do evento. “A Semana pelo Mar aproveita o Dia Mundial do Mar para mostrar que o Mar é um sistema complexo: para alguns o Mar é um local de lazer, para outros uma fonte de inspiração ou de rendimento, para outros ainda um mundo para descobrir, representando cerca de 2/3 da superfície do planeta”, explica a docente.
A 1ª edição da Semana pelo Mar, em 2007, salientou os desafios ambientais que enfrentam os oceanos. Nesta 2ª edição irá desenvolver-se o tema dos transportes marítimos que, quer histórica quer culturalmente, sempre tiveram um papel importante na comunicação e nas relações mundiais.
Mais informações aqui...


27.3.08

 

Dois chineses retiram as algas que no ano passado atormentaram o lago Tai, perto da veneza chinesa, Shantou e a alguns quilómetros da grande metrópole oriental, Shangai. Mas a grande prejuizada foi Wiuxi, uma cidade com mais de 5 milhões de habitantes.

 

As habituais descargas das fábricas chinesas promoveram o desenvolvimento de uma alga tóxica, e isso bastou para gerar o pânico das populações que vivem do rio. O lago ficou verde fluorscente e tornou-se impossível fazer muitas activadades vitais para o dia-a-dia de milhões de chineses, como a irrigação dos campos e até a simples utilização da água para beber, cozinhar, higiene. A compra de água engarrafada disparou desenfriadamente e muitos aproveitaram-se para aumentar os preços. Gerou-se o pandemónio, os importantes canais que ligam o lago ao mar e ao Grande Canal tiveram de ser encerrados e isso provocou grandes engarrafamentos de barcos que ficaram dias à espera de poderem passar. Dias depois, voltou tudo ao normal. Agora o problema é que estas invasões de algas dentro em breve podem-se tornar banais.

Link do postPor AndréV, às 17:18  Comentar

24.3.08
Outrora, o rio Citarum, na Indonésia, foi um rio cristalino que servia de sustento a muitas famílias. Outrora, muitos pescadores lançavam as suas redes em busca de peixe, aves marítimas vinham aqui para se alimentarem com a abundância de peixe. Hoje só se pode ver uma abundância de lixo.
Hoje em dia, o rio está em crise, alimentado pela poluição de 9 milhões de pessoas e de centenas de fábricas que se instalaram junto ao curso do rio. Nos nossos dias nem se reconhece que ali está um rio, devido à enorme quantidade de lixo que bóia pela superfície da água. Mais parece um aterro sanitário.
Os que habitam ao longo do curso do rio, já não pescam. Na realidade pescam, mas lixo. Com muita sorte conseguem ganhar algum dinheiro por dia. Conseguem-no apanhando garrafas de plástico, luvas de borrachas e peças de madeira. Agora é mais lucrativo apanhar lixo do que peixe.
Como pôde o rio chegar a este ponto? É simples, a Indonésia não dispõem de um serviço de recolha de lixo, nem ETAR e assim todos os resíduos vão directos para o rio. O rio é um verdadeiro caixote do lixo das populações e das unidades fabris.
Poucos são os que ainda se lembram do antigo rio Citarum. Há vinte anos atrás, com a industrialização da Indonésia é que o rio se transformou no que é hoje. Felizmente, algumas partes do rio tornaram-se mais aceitáveis mas mesmo assim o rio continua com um futuro incerto.
Link do postPor AndréV, às 16:08  Comentar

14.9.07
A primeira vista são apenas imagens que retratam os encantos naturais dos rios franceses. Mas invisíveis no meio da beleza destas correntes estão escondidos perigos para a saúde pública.

A poluição com nitratos é um problema em vários pontos de captação de água potável em França. Chegaram a ser 37, as bacias hidrográficas poluídas. Hoje são apenas 9 e as medidas que Paris diz estar a colocar em prática levaram a Comissão Europeia a suspender a acção que tem pendente na justiça que pode levar o estado francês a pagar uma multa de 28 milhões de euros.

Os pontos negros estão situados essencialmente no noroeste da França, nomeadamente na Bretanha onde se concentram metade das suiniculturas e aviários franceses, para além de 30% da criação bovina a que à que juntar ainda a produção intensiva de legumes. Resultado: em 9 bacias hidrográficas, a concentração de nitratos ultrapassa os 0,5 miligramas por litro, autorizados pela directiva comunitária de 1975.

Até 2009, a França promete entrar na legalidade. A Comissão Europeia vai estar muito atenta aos esforços de Paris para garantir uma água de qualidade para as gerações vindouras.

Clica aqui para veres a reportagem em vídeo
Fonte: Euronews
Link do postPor Marta Santos, às 16:57  Ver comentários (5) Comentar


Olá a todos! Aqui está um novo blog "verde" por sinal, aqui ficarão registados pequenos apontamentos acerca do nosso mundo natural, ecologia, ambiente, entre outros... O objectivo? Aprendermos todos um pouco mais. Esperemos que gostem!
Pesquisar no Verde
 
Maio 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


Semana no Verde

2ª feira - Fauna & Flora
ver
3ª - Locais Verdes
ver
4ª - Conselhos Verdes
ver
5ª feira - Imagem Verde da Semana
ver
6ª feira - Blog/Associação Verde da Semana
ver
www.greenpeace.pt
Contactar o Verde
Se tiver algo a dizer sobre o Verde, não hesite em contactar-lo. A sua opinião será sempre útil e bem vinda. Os contactos são: daniela_urbano1@hotmail.com andre.f.veiga@gmail.com
Comentários Recentes
Obliglado devem ser estabelecidas regras têm siste...
Se ao invés disso eles eram animais que serão bloq...
Olá, parabéns pelo blog!Conte conosco para dicas e...
Posts mais Comentados
blogs SAPO