11.8.08

Partindo de um material desenvolvido por pesquisadores japoneses, engenheiros holandeses estão a criar a primeira "estrada verde", capaz de eliminar da atmosfera a poluição emitida pelos veículos que nela se movimentam.


Uma pequena estrada na cidade de Hengelo, Holanda, será pavimentada com um cimento especial contendo um aditivo capaz de capturar partículas de óxidos de nitrogénio emitidas pelos escapes dos veículos.

 

Mais conhecidos pela sigla NOx, os óxidos de nitrogénio estão entre os piores gases poluentes emitidos na atmosfera, sendo os principais responsáveis pela chamada chuva ácida.

O cimento purificador de ar recebe na sua fórmula um aditivo à base de dióxido de titânio. Quando exposto à luz do Sol, o material reage com os óxidos de nitrogénio, transformando-os em nitratos, que são inofensivos ao meio ambiente. Basta uma chuva para que todo o pó inerte seja lavado e a estrada fique limpa de novo.

 

A estrada de Hengelo foi escolhida porque está sendo reconstruída e por causa da excelente qualidade do ar da região, que permitirá um acompanhamento preciso dos resultados obtidos com a pavimentação capaz de eliminar a poluição do ar. As obras deverão terminar até o final de 2008.

(fonte)


11.1.08
Link do postPor Marta Santos, às 13:16  Comentar

12.9.07

«A construção tem uma grande capacidade de interacção com o ambiente, e há um limite para as nossas pegadas». A declaração é do Ministro do Ambiente Francisco Nunes Correia, proferida na abertura da conferência internacional «Sustainable Building 2007», que decorre entre hoje e sexta-feira, no Instituto Superior Técnico. A conferência reúne centenas de especialistas nacionais e internacionais em torno dos materiais e práticas relacionados com a construção sustentável.


Nunes Correia manifestou o seu orgulho por «Portugal estar a avançar e a participar neste movimento da construção sustentável, ao acolher esta conferência». Segundo o governante, «a protecção ambiental tem de fazer parte do processo da construção» já que, referiu, na Europa, «o sector é responsável por 450 milhões de toneladas de resíduos, dos quais 75 por cento vão para aterros e somente 25 por cento são reutilizados ou reciclados. Em Portugal essa percentagem é ainda mais baixa, mas este Governo está comprometido em avançar ».


O tutelar da pasta do Ambiente anunciou que o Governo está neste momento a preparar uma legislação específica para a fileira dos resíduos resultantes da construção e demolição de edifícios. «Existem legislações específicas para várias fileiras de resíduos, e esta estava em falta. Estamos a completar essa lacuna, há um decreto-lei que está neste momento em discussão e que estará seguramente aprovado dentro de um mês e meio, de modo a que possamos estar mais próximos da meta da União Europeia de reciclar 80 por cento destes desperdícios», afirmou.


 


 

Fonte: Portal Ambiente Online


Link do postPor Marta Santos, às 17:33  Comentar

4.8.07
Link do postPor Marta Santos, às 15:37  Ver comentários (2) Comentar

31.7.07
Link do postPor Marta Santos, às 22:09  Comentar

30.7.07
Pelo título não duvido que muitos de vocês tenham pensado logo em mais uma magnifica obra do nosso país, mas enganam-se desta vez é na Polónia. Passo a citar a notícia retirada do jornal Público:



Comissão Europeia tenta impedir a Polónia de construir estrada em reserva natural


A Comissão Europeia apelou hoje ao Tribunal de Justiça Europeu para que impeça a Polónia de construir um troço de auto-estrada que vai atravessar a Reserva Natural de Rospuda, ecossistema “único” na Europa. As obras deverão ser retomadas depois de amanhã.

“É lamentável que a Polónia tenha decidido continuar a construção desta nova estrada que atravessa o vale de Rospuda. Espero que reveja a sua decisão antes que sejam causados danos irreversíveis”, comentou o comissário europeu para o Ambiente, Stavros Dimas.

O ministro polaco dos Transportes, Jerzy Polaczek, citado pela agência PAP, considerou “difícil reagir a um pedido sobre os preparativos ou trabalhos que ainda não começaram”.

O litígio, que dura há meses, entre Bruxelas e o Governo polaco, diz respeito a um troço de 40 quilómetros da via Báltica, auto-estrada que deverá ligar Varsóvia a Talin, através de três países.

Para contornar a cidade polaca de Augustow, este troço deverá atravessar o vale de Rospuda, uma zona húmida e de floresta virgem “de um valor incrível para o continente europeu”, que alberga uma “rara combinação de habitats intactos”, segundo a Comissão.

Bruxelas pediu a Varsóvia para encontrar um caminho alternativo. Mas em vão. As autoridades polacas afirmam que vão propor medidas compensatórias como a recuperação e gestão de zonas húmidas.

As obras foram suspensas em Abril, durante o período de nidificação das aves protegidas da região. Mas Varsóvia anunciou a 17 de Julho que os trabalhos serão retomados a 1 de Agosto.

Se o recurso da Comissão “for aceite, o Tribunal vai ordenar à Polónia que não retome as obras”, precisou Barbara Helfferich, porta-voz de Dimas. Os juízes devem anunciar a sua decisão antes de quarta-feira.

Hoje, organizações ecologistas, entre elas a Greenpeace, começaram a montar tendas perto do local das obras.

Este troço satisfaz os habitantes de Augustow que chegaram a bloquear a estrada às portas da sua cidade para exigir o recomeço das obras.

Barbara Helfferich notou que nunca nenhum Estado membro da União Europeia “ignorou” as medidas de conservação impostas pelos juízes do tribunal europeu.
Link do postPor Marta Santos, às 22:29  Comentar

25.7.07
Link do postPor Marta Santos, às 19:44  Comentar

24.7.07
A Plataforma Transgénicos Fora disse hoje que a informação divulgada pelo Ministério da Agricultura sobre a área cultivada com milho transgénico em Portugal é insuficiente.






Nota: mais uma vez afirmo que não sou contra os trangénicos, mas também não concordo com a falta de informação que há e é disponibilizada sobre o assunto, nomeadamente neste caso.
Link do postPor Marta Santos, às 10:42  Ver comentários (3) Comentar

Ao que parece umas pressõezitas económicas não quiseram deixar sair à rua o mal que por lá fazem ao ambiente, notícia que poderão ler aqui
Link do postPor Marta Santos, às 10:39  Comentar

9.7.07


Para os leitores lisboetas e que ponderam as questões ambientais na escolha do futuro presidente da câmara. Aqui fica o que eles dizem acerca do ambiente.

O ex-presidente da câmara municipal da capital, Carmona Rodrigues, inclui a reabilitação urbana, o ordenamento do espaço público e a gestão sustentável dos recursos naturais entre as suas prioridades. As acções a privilegiar reportam-se à conclusão das obras de reabilitação de Alfama, Sé e Mouraria. Está ainda previsto dar continuidade aos projectos dos bairros Padre Cruz, Boavista e Liberdade.

O candidato do PS defende Lisboa como «centro de uma grande região metropolitana». Uma das primeiras medidas de António Costa, se vencer as autárquicas, será avaliar a eficácia dos sistemas de limpeza urbana e de recolha de resíduos, para «acabar com a imagem de sujidade que se instalou na cidade». Propõe também a criação de uma Agenda 21 local, o desincentivo do uso automóvel, plantar pelo menos 1000 árvores por ano e criar o prémio municipal para o edifício verde.

Já o candidato do PSD, Fernando Negrão, prometeu alargar a todos os edifícios municipais as boas práticas de eficiência e optimização energética. O primeiro passo será dado através da implementação de auditorias energéticas a todos os edifícios da autarquia. O candidato avançou também com a vontade de transformar o antigo restaurante panorâmico de Monsanto no «Observatório do Ambiente de Lisboa» e propõe dar prioridade ao sistema de compras públicas ecológicas, alargar a rede de metropolitano e alterar, em dez anos, a frota municipal para veículos híbridos, a biodiesel e a gás.

Por sua vez, Helena Roseta, a candidata independente que se apresenta a estas eleições, aposta nos quatro grandes pilares da sustentabilidade urbana: ambiente, economia, desenvolvimento social e cidadania. «Cuidar do rio, das águas subterrâneas, da estrutura verde, da qualidade do ar, é cuidar da saúde e sobrevivência de Lisboa. Precisamos de novas equações de recursos para “esverdear” a cidade», afirma.

O Plano Verde para a cidade de Lisboa, elaborado por Gonçalo Ribeiro Telles, é uma das propostas mais emblemáticas da candidatura de José Sá Fernandes. O candidato do Bloco de Esquerda tem intenção de criar vários corredores ecológicos pela cidade, com o objectivo de estabilizar e valorizar a paisagem, promover a biodiversidade e os espaços de lazer, criar condições para a libertação de oxigénio e absorção de CO2.

Ruben de Carvalho, candidato pela CDU, realça a necessidade de intervir no espaço público, como nas calçadas, jardins, iluminação e barreiras arquitectónicas. A primazia ao transporte público também vem à cabeça do programa.

O candidato democrata cristão defende as parcerias com o sector privado para alguns serviços da câmara como a recolha de resíduos sólidos urbanos e os jardins, tendo em vista racionalizar custos. Telmo Correia propõe a reorganização das freguesias e a avaliação das empresas municipais. Aposta também na reabilitação urbana.


Fonte: Portal ambiente online
Link do postPor Marta Santos, às 12:21  Comentar


Olá a todos! Aqui está um novo blog "verde" por sinal, aqui ficarão registados pequenos apontamentos acerca do nosso mundo natural, ecologia, ambiente, entre outros... O objectivo? Aprendermos todos um pouco mais. Esperemos que gostem!
Pesquisar no Verde
 
Maio 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


Semana no Verde

2ª feira - Fauna & Flora
ver
3ª - Locais Verdes
ver
4ª - Conselhos Verdes
ver
5ª feira - Imagem Verde da Semana
ver
6ª feira - Blog/Associação Verde da Semana
ver
www.greenpeace.pt
Contactar o Verde
Se tiver algo a dizer sobre o Verde, não hesite em contactar-lo. A sua opinião será sempre útil e bem vinda. Os contactos são: daniela_urbano1@hotmail.com andre.f.veiga@gmail.com
Comentários Recentes
Obliglado devem ser estabelecidas regras têm siste...
Se ao invés disso eles eram animais que serão bloq...
Olá, parabéns pelo blog!Conte conosco para dicas e...
Posts mais Comentados
blogs SAPO