15.5.08

 

Não, não é um dia de nevoeiro em Linfen, cidade chinesa do interior na províncipa de Shanxi. É simplesmente um dia normal, sem nada de espantoso. Nesta cidade vivem cerca de 4 milhões e meio de seres humanos que convivem no dia-a-dia com a poluição asfixiante de Linfen. Segundo o Blacksmith Institute, Linfen é a cidade mais poluída do planeta Terra. Por terras de Linfen, respirar ar fundo é completamente algo impossível.

Link do postPor AndréV, às 11:27  Comentar

30.3.08

 

Os vegetarianos muitas vezes são vistos como chatos por pregarem que não devemos comer carne. Com a recente divulgação do impacto que estes animais que comemos causam no nosso meio ambiente, os vegetarianos mostram que têm forte argumento.

Estudos sobre os ruminantes (cuja a carne chamamos de "carne vermelha") mostram que eles libertam grande quantidade de gás metano (gás do efeito estufa) no meio ambiente devido à flatulência que a digestão da celulose provoca. Além disto, a demanda por carnes impulsiona a derrubada de florestas para dar lugar a pastagens. Para piorar o quadro, o carvão vegetal você já deve saber de onde vem. E a queima do carvão também contribui para o aquecimento global. Outro facto é que para atingir o ponto de abate cada kg de carne vermelha precisa consumir 200 litros de agua e que cada kg de carne branca, 10 litros.

De qualquer modo, nutricionalmente, não devemos desprezar o valor da carne: é uma boa fonte de ferro e aminoácidos essenciais.

Você não precisa fazer como os vegetarianos, mas é aconselhável moderar o consumo das carnes, não ultrapassando a quantidade de 170 gramas/dia, dando preferência à carne magra.

 

Fonte: Meio Ambiente Urgente


24.3.08
Outrora, o rio Citarum, na Indonésia, foi um rio cristalino que servia de sustento a muitas famílias. Outrora, muitos pescadores lançavam as suas redes em busca de peixe, aves marítimas vinham aqui para se alimentarem com a abundância de peixe. Hoje só se pode ver uma abundância de lixo.
Hoje em dia, o rio está em crise, alimentado pela poluição de 9 milhões de pessoas e de centenas de fábricas que se instalaram junto ao curso do rio. Nos nossos dias nem se reconhece que ali está um rio, devido à enorme quantidade de lixo que bóia pela superfície da água. Mais parece um aterro sanitário.
Os que habitam ao longo do curso do rio, já não pescam. Na realidade pescam, mas lixo. Com muita sorte conseguem ganhar algum dinheiro por dia. Conseguem-no apanhando garrafas de plástico, luvas de borrachas e peças de madeira. Agora é mais lucrativo apanhar lixo do que peixe.
Como pôde o rio chegar a este ponto? É simples, a Indonésia não dispõem de um serviço de recolha de lixo, nem ETAR e assim todos os resíduos vão directos para o rio. O rio é um verdadeiro caixote do lixo das populações e das unidades fabris.
Poucos são os que ainda se lembram do antigo rio Citarum. Há vinte anos atrás, com a industrialização da Indonésia é que o rio se transformou no que é hoje. Felizmente, algumas partes do rio tornaram-se mais aceitáveis mas mesmo assim o rio continua com um futuro incerto.
Link do postPor AndréV, às 16:08  Comentar


Olá a todos! Aqui está um novo blog "verde" por sinal, aqui ficarão registados pequenos apontamentos acerca do nosso mundo natural, ecologia, ambiente, entre outros... O objectivo? Aprendermos todos um pouco mais. Esperemos que gostem!
Pesquisar no Verde
 
Maio 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


Semana no Verde

2ª feira - Fauna & Flora
ver
3ª - Locais Verdes
ver
4ª - Conselhos Verdes
ver
5ª feira - Imagem Verde da Semana
ver
6ª feira - Blog/Associação Verde da Semana
ver
www.greenpeace.pt
Contactar o Verde
Se tiver algo a dizer sobre o Verde, não hesite em contactar-lo. A sua opinião será sempre útil e bem vinda. Os contactos são: daniela_urbano1@hotmail.com andre.f.veiga@gmail.com
Comentários Recentes
Obliglado devem ser estabelecidas regras têm siste...
Se ao invés disso eles eram animais que serão bloq...
Olá, parabéns pelo blog!Conte conosco para dicas e...
Posts mais Comentados
blogs SAPO