15.12.09

 

"Restam pouco mais de três dias para o final da Cimeira de Copenhaga, cujas negociações se encontram num ponto difícil. Os líderes mundiais começam a chegar para as dramáticas decisões finais. O momento pede heroísmo, mas eles não agirão a não ser que a sociedade civil se mobilize.

 


Assine esta petição em massa por um Acordo real e contribua para o tornar histórico!

 

 

Com o tempo a escassear, o desfecho da Cimeira de Copenhaga é ainda incerto. Precisamos de heróis, e rápido. Amanhã, os Presidentes e Primeiros Ministros de todo o mundo chegam a Copenhaga para 60 horas de negociações directas sem precedentes. Cada um decidirá entre dar um heróico passo em frente, ficar calado ou afundar as negociações."

 

 

 

Fonte: Blog da Quercus - Conferência de Copenhaga

 


5.2.09

A WWF está a promover a iniciativa «Hora do Planeta», através da qual pretende incitar o maior número possível de pessoas e entidades a apagar as luzes no dia 28 de Março, às 20:30, como forma de sensibilizar para as alterações climáticas.

 

Segundo os dados contabilizados até 4 de Fevereiro, a iniciativa já abrange um total de 377 cidades de 74 países de todo o globo, que apagarão as luzes de alguns lares e dos monumentos mais emblemáticos, como o Cristo Redentor do Rio de Janeiro.

 

No caso português, são parceiros da WWF a CM de Lisboa, a IKEA, a Ogilvy&Matter, a Coca-Cola e a Nokia, além do (estimado) meio milhão de cidadãos que poderá aderir, segundo o divulgado em comunicado.

 

A «Hora do Planeta» vai contar, nesta segunda edição mundial, com o Nobel da Paz de 1984, o Arcebispo Desmond Tutu, a liderar o alerta para o combate às alterações climáticas; e também Shepard Fairey, artista plástico que criou o ícone de Barack Obama.

 

O projecto arrancou em Sidney, em 2007, e rapidamente inspirou outras cidades e países a colaborar. Em 2008, os aderentes já contavam 371 cidades de 35 países.


22.10.08

Segundo alguns cientistas, a Terra está neste preciso momento a enfrentar a 6ª Extinção em Massa de animais e plantas, com cerca de 50% de espécies já extinguidas.

A actividade humana encontra-se na principal posição para justificar tal acontecimento. Alguns biólogos da Universidade de Santa Barbara, encontram-se a trabalhar, dia e noite, para criar uma lista de espécies que têm prioridade máxima de conservação (Algumas possuem alta capacidade de adaptação às alterações ambientais o que as coloca nos últimos lugares).

A última extinção em massa que ocorreu na Terra foi à 65 Milhões de anos atrás, quando ocorreu a extinção dos dinossauros.

Atelopus varius - Critically endengered


17.9.08

 (TVNet)

Link do postPor Ventura, às 10:59  Comentar

16.9.08

(TVNet)


28.8.08

Com vista a sensibilização da população para o uso de rolhas de cortiça evitando o uso dos sobreiros para outros fins que possam ter como consequência o seu corte, o  Grupo Amorim, com a intervenção da TBWA Australiana, que desenhou o projecto, produziu a campanha intitulada "Save Miguel".

Com o objectivo de difundir esta campanha internacionalmente, contaram com a ajuda de Rob Schneider, o conhecido actor cómico presente em quase todos os filmes de Adam Sandler. Nesta campanha acompanhamos Schneider na sua missão por Portugal em busca de Miguel, que mais tarde descobrimos ser um sobreiro.
 

O aumento do uso do plástico para a produção de rolhas está a levar a uma quebra no uso da cortiça. Este facto está a provocar o seu abandono. Através de uma perspectiva ecológica esta campanha demonstra o papel que estas árvores possuem no combate às Alterações Climáticas e à poluição.

 

Os sobreiros que foram "descortiçados" absorvem 3 a 5 vezes mais dióxido de carbono da atmosfera que os sobreiros que não foram "descortiçados". Os sobreiros portugueses são responsáveis pela absorção anual de 4.8 Milhões de toneladas de dióxido de carbono e são também um dos principais produtores de oxigénio. Para a cortiça ser retirada não é necessário abate da árvore podendo estas regenerar a cortiça a cada 9 a 12 anos (os sobreiros vivem entre 100 a 300 anos). De referir que a cortiça é amiga do ambiente,  biodegradável e totalmente reciclável. Por fim não devemos esquecer que os montados (conjunto de sobreiros) são considerados hotspots de biodiversidade no Mediterrâneo e na Europa. Um montados é a casa de cerca de 135 espécies de plantas e 42 espécies de aves, muitas delas em perigo de extinção.

 

Assim, o lema final, em que qualquer um pode participar passa apenas por: comprar garrafas de vinho que tenham rolhas de cortiça. Através deste simples acto, qualquer um pode sentir que contribuiu pelo sobrevivência dos sobreiros.

 

Link do postPor Ventura, às 20:47  Comentar

11.8.08

Partindo de um material desenvolvido por pesquisadores japoneses, engenheiros holandeses estão a criar a primeira "estrada verde", capaz de eliminar da atmosfera a poluição emitida pelos veículos que nela se movimentam.


Uma pequena estrada na cidade de Hengelo, Holanda, será pavimentada com um cimento especial contendo um aditivo capaz de capturar partículas de óxidos de nitrogénio emitidas pelos escapes dos veículos.

 

Mais conhecidos pela sigla NOx, os óxidos de nitrogénio estão entre os piores gases poluentes emitidos na atmosfera, sendo os principais responsáveis pela chamada chuva ácida.

O cimento purificador de ar recebe na sua fórmula um aditivo à base de dióxido de titânio. Quando exposto à luz do Sol, o material reage com os óxidos de nitrogénio, transformando-os em nitratos, que são inofensivos ao meio ambiente. Basta uma chuva para que todo o pó inerte seja lavado e a estrada fique limpa de novo.

 

A estrada de Hengelo foi escolhida porque está sendo reconstruída e por causa da excelente qualidade do ar da região, que permitirá um acompanhamento preciso dos resultados obtidos com a pavimentação capaz de eliminar a poluição do ar. As obras deverão terminar até o final de 2008.

(fonte)


31.7.08

A ONU recomendou aos funcionários e corpo diplomático que deixem nos armários a roupa tradicional e optem por uma indumentária informal que se adapte melhor ao novo plano de poupança energético a implementar na sede da organização.

A iniciativa denominada "Cool UN" prevê subir em Agosto o termóstato do ar condicionado na emblemática sede da Secretaria da ONU de 22,2 para 25 graus centígrados e de 21,1 para 23,9 graus centígrados no anexo que alberga as salas de conferências da organização, anunciaram hoje os seu responsáveis.

Em consequência, o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, autorizou a que se flexibilize o código de vestuário para que os cerca de cinco mil funcionários possam adaptar-se ao aumento da temperatura ambiente.

"Não nos vamos meter a polícias da moda mas o que procuramos é que as pessoas possam vestir roupas mais frescas", indicou, numa conferência de imprensa, Michael Adlerstein, responsável pelo projecto de modernização da sede da ONU.

Adlerstein deu o exemplo escolhendo para a ocasião uma camisa branca e calças caqui, em vez do tradicional fato escuro e gravata com que costuma luzir o reconhecido arquitecto nova-iorquino.

A ONU calcula que a diminuição do consumo de ar condicionado permitirá reduzir em cem mil dólares (cerca de €70,000) a factura energética do edifício e evitar a emissão de 300 toneladas de dióxido de carbono, o gás apontado como o principal responsável pelas alterações climáticas.

Adlerstein indicou que se a iniciativa der bons resultados, ela poderá estender-se para além de mês de Agosto e aplicar-se nos meses de Inverno, embora neste caso a recomendação seja usar roupas que conservem o calor corporal.

A ONU recordou, num comunicado, que os participantes na conferência internacional sobre alterações climáticas realizada no Verão passado na Ilha indonésia de Bali já acordaram adoptar una indumentária mais adequada ao clima tropical.

(fonte)


Link do postPor Ventura, às 01:52  Comentar

21.10.07
A quantidade de dióxido de carbono que os oceanos absorvem tem estado a diminuir nos últimos 10 anos, o que pode acelerar o efeito de estufa, segundo um estudo da Universidade de Ânglia Oriental (Inglaterra).

Os investigadores analisaram a absorção de CO2. Ao todo realizaram 90 mil medições em navios mercantes no Atlântico Norte, entre meados dos anos 1990 e 2005. Os dados mostram uma redução pela metade do CO2 absorvido pela massa oceânica.

Segundo os autores do estudo, publicado no Journal of Geographysical Research, os resultados são ao mesmo tempo surpreendentes e inquietantes. Indicam que com o tempo o oceano pode ficar saturado com as emissões de CO2, produto da actividade humana.

Os investigadores não puderam estabelecer por enquanto se a menor absorção de CO2 pelos oceanos é consequência directa das alterações climáticas ou um fenómeno natural.
Noticia retirada d´aqui...
Link do postPor Ventura, às 17:12  Comentar

25.9.07

O secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-Moon, deverá pedir hoje aos líderes mundiais que assumam as suas responsabilidades no aquecimento global, para sair do impasse que ameaça a próxima conferência mundial sobre alterações climáticas em Bali.

Ban Ki-Moon preside hoje a uma reunião sem precedentes sobre as alterações climáticas na sede da organição das Nações Unidas, que conta com a participação de cerca de 150 países, 80 dos quais representados ao mais alto nível.

O primeiro-ministro português, José Sócrates, vai discursar enquanto presidente da União Europeia num dos painéis temáticos da reunião (mitigação e medidas para reduzir a poluição ambiental), devendo propor um conjunto de acções a adoptar pelos países no final do Protocolo de Quioto, em 2012.

O encontro, que acontece na véspera da 62ª sessão da Assembleia Geral da ONU, intitula-se «O futuro nas nossas mãos: respondendo aos desafios das alterações climáticas».

O governador da Califórnia e antiga estrela de cinema, Arnold Schwarzenegger, que lidera a luta contra o aquecimento global entre os 50 estados norte-americanos, também vai discursar, ao contrário do presidente George W. Bush, que não participa nas reuniões.

Espera-se igualmente a participação de outras personalidades mundiais, como a chanceler alemã, Angela Merkel, o presidente francês, Nicolas Sarkozy, e o ex-vice-presidente norte-americano e defensor da luta contra o aquecimento global Al Gore.

Os países europeus, que lideram os Estados industrializados a nível dos compromissos assumidos para reduzir as emissões poluentes, deverão apelar a um acordo global com o objectivo de se atingirem progressos reais na conferência de Bali (3 a 14 de Dezembro).

Nesta conferência deverá ser lançado um calendário de negociações que conduzam, no final de 2009, a um acordo para acelerar e acentuar a redução das emissões de gases com efeito de estufa.

Depois da sua ratificação, que deve demorar dois anos, o acordo sucederá à primeira fase de cumprimento do Protocolo de Quioto que termina em 2012.

O tratado tem sido discutido desde 2001, quando os Estados Unidos da América, os maiores poluidores do mundo, anunciaram que não iriam ratificá-lo.

O presidente George W. Bush tem sido um opositor dos constrangimentos impostos pelas metas de Quioto e advoga a adopção de medidas voluntárias, apoiadas pela transferência de tecnologias.

Os ambientalistas consideram, no entanto, que esta posição é uma estratégia para atrasar o processo de Quioto e dividir os seus apoiantes, lançando a ideia de uma solução alternativa menos limitativa.

O encontro de Nova Iorque desenrola-se em quatro sessões paralelas: adaptação ao aquecimento global, atenuação das emissões de gases com efeitos de estufa, tecnologia e financiamento.

Ban Ki-Moon vai apresentar as conclusões no final do dia, que termina com um jantar com os representantes dos países mais poluentes, incluindo George W. Bush.

Quinta e sexta-feira, a secretária de Estado norte-americana Condoleeza Rice recebe, em Washington, os 16 países mais poluidores do mundo, bem como representantes da União Europeia e da ONU.

No seu conjunto, estas economias representam cerca de 90 por cento das emissões mundiais.

Diário Digital / Lusa

Link do postPor Ventura, às 19:12  Comentar


Olá a todos! Aqui está um novo blog "verde" por sinal, aqui ficarão registados pequenos apontamentos acerca do nosso mundo natural, ecologia, ambiente, entre outros... O objectivo? Aprendermos todos um pouco mais. Esperemos que gostem!
Pesquisar no Verde
 
Maio 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


Semana no Verde

2ª feira - Fauna & Flora
ver
3ª - Locais Verdes
ver
4ª - Conselhos Verdes
ver
5ª feira - Imagem Verde da Semana
ver
6ª feira - Blog/Associação Verde da Semana
ver
www.greenpeace.pt
Contactar o Verde
Se tiver algo a dizer sobre o Verde, não hesite em contactar-lo. A sua opinião será sempre útil e bem vinda. Os contactos são: daniela_urbano1@hotmail.com andre.f.veiga@gmail.com
Comentários Recentes
Obliglado devem ser estabelecidas regras têm siste...
Se ao invés disso eles eram animais que serão bloq...
Olá, parabéns pelo blog!Conte conosco para dicas e...
Posts mais Comentados
blogs SAPO