28.6.07

Acaba hoje a pergunta da semana resultados:


 

Das 114 respostas obtidas a maioria não sabia dos valores astronómicos de emissões de CO2 que a iluminação de uma habitação provoca. Apenas 12 pessoas afirmaram ter noção destes valores.


 

O verde deixa-vos agora um apontamento acerca da iluminação das casas e alguns conselhos para minimizar o consumo de energia.


 

A todos obrigado por participarem e já agora respondam à nova pergunta da semana.




A iluminação numa casa é responsável por cerca de 10 a 15% do consumo de electricidade total da habitação, o que corresponde a uma emissão anual de 450 Gg de CO2 equivalente (450 000 000 000 g).

A escolha da iluminação correcta para cada divisão, tendo em conta o tipo de actividades que se realizam em cada espaço, é muito importante para um maior conforto e um consumo mais racional de energia, traduzindo-se numa redução da factura da energia.

O uso de lâmpadas tecnologicamente mais eficientes permite poupar dinheiro, por consumir menos energia, e ao poupar energia está a preservar o ambiente.

A mudança do tipo de lâmpadas utilizadas é cada vez menos restringida, graças à adaptação das “novas” lâmpadas ao sistema das incandescentes.

Actualmente é obrigatório a presença da etiqueta de eficiência energética nas embalagens das lâmpadas, como forma de distinguir as lâmpadas que são mais eficientes, do ponto de vista energético, das que são menos eficientes. É também muito importante reparar na sua classificação quando têm a designação de ecológicas/económicas, pois existem no mercado lâmpadas com esta designação que têm uma baixa eficiência energética (classe D ou menos).

É preciso ter também em atenção a potência de lâmpadas que é indicada para os candeeiros.

É preferível utilizar menos lâmpadas, mas com mais potência: uma lâmpada de 100 Watts consome a mesma energia que 4 de 25 Watts, mas produz aproximadamente o dobro da luz, no entanto a melhor opção é a utilização de uma lâmpada fluorescente compacta que com uma menor potência atinge o mesmo grau de iluminação.


 

Quais os tipos de lâmpadas a usar?

 

Lâmpadas incandescentes são as menos eficientes energéticamente e aquelas que têm o menor tempo de vida, indicadas para locais em que a iluminação é feita em curtos períodos de tempo.

Lâmpadas halogéneo são mais eficientes que as lâmpadas incandescentes e têm um período de vida mais longo. São caracetrizadas pelas cores intensas, normalmente são utilizadas em projectores.

Lâmpadas Fluorescentes são as lâmpadas mais económicas gastam apenas 80% da energia para dar a mesma iluminação existem as normais, que se encontram vulgarmente em cozinhas e as compactas que surgiram com vista a substituir as lâmpadas incandescentes, são indicadas para lugares onde a iluminação se faz durante longos períodos de tempo.


 

fonte de informação: ecocasa
Link do postPor Marta Santos, às 09:10  Comentar

De jose cunha a 30 de Junho de 2007 às 01:48
Ola

Agora há muito tipo de lâmpadas amigas do ambiente. as Florescestes de casquilho eram caras cerca de 15 €, hoje em dia já se compra muito mais baratas. E também começa aparecer lâmpadas com leds e de casquilho para uma fácil substituição das incandescentes.

fiquem bem

De ana martins a 28 de Setembro de 2009 às 20:49
É sabido que as lâmpadas fluorescentes e as de halogénio assim como as chamadas economizadoras fazem mal devido às suas radiações, provocando distúrbios nervosos, entre os quais se contam pesadelos. Para não falar de outros do foro físico que podem chegar ao cancro.
É pena mas a tecnologia tem também inconvenientes.
As menos nocivas continuam a ser as incandescentes.

De Sofia a 3 de Agosto de 2007 às 12:29
Olá,

substituí recentemente todas as lampadas da minha casa por lampadas de baixo consumo de categoria A, com excepção das dos tectos que são de halogéneo. Existem alternativas eco às lampadas de halogéneo domésticas? Não tenho conseguido encontrar nada :/
Obrigada

De ze carlos a 6 de Novembro de 2007 às 15:56
No chines ha la umas velas muito boas xD

De Anónimo a 28 de Setembro de 2009 às 20:52

Já imaginava que não publicassem o meu comentário.

De AndréV a 29 de Setembro de 2009 às 19:08
? desculpe?

De Ana Martins a 30 de Setembro de 2009 às 06:53
Vale a pena colher informação sobre os malefícios das lâmpadas economizadoras e de halogéneo. Nem tudo são rosas no mundo da tecnologia.

De Ana Martins a 30 de Setembro de 2009 às 06:56
Ah! e as fluorescentes também são nocivas. Então em relação a essas, já isso se sabe há muito tempo.

 

De sex shop a 12 de Fevereiro de 2011 às 00:15
mto bom

Olá a todos! Aqui está um novo blog "verde" por sinal, aqui ficarão registados pequenos apontamentos acerca do nosso mundo natural, ecologia, ambiente, entre outros... O objectivo? Aprendermos todos um pouco mais. Esperemos que gostem!
Pesquisar no Verde
 
Junho 2007
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
13
15
16

17
18



Semana no Verde

2ª feira - Fauna & Flora
ver
3ª - Locais Verdes
ver
4ª - Conselhos Verdes
ver
5ª feira - Imagem Verde da Semana
ver
6ª feira - Blog/Associação Verde da Semana
ver
www.greenpeace.pt
Contactar o Verde
Se tiver algo a dizer sobre o Verde, não hesite em contactar-lo. A sua opinião será sempre útil e bem vinda. Os contactos são: daniela_urbano1@hotmail.com andre.f.veiga@gmail.com
Comentários Recentes
Obliglado devem ser estabelecidas regras têm siste...
Se ao invés disso eles eram animais que serão bloq...
Olá, parabéns pelo blog!Conte conosco para dicas e...
Posts mais Comentados
50 Comentários
28 Comentários
blogs SAPO