14.7.07


O ruído provocado pelo tráfego automóvel na União Europeia causa 40% mais mortes por ataques de coração e hipertensão do que a poluição do ar, conclui um estudo da Organização Mundial de Saúde (OMS) a que a agência Lusa teve acesso.

O relatório, redigido por Kim Rokho, está na sua fase preliminar e refere-se a dados recolhidos em 2000, ano em que é atribuído ao ruído nas estradas dos países da União a perda de 211.096 anos de vida, unidade em que é apresentado o resultado do estudo.


Nesse mesmo ano, foi atribuída à poluição atmosférica a perda, por parte dos então cerca de 450 milhões de habitantes da UE, de 151.000 anos de vida, o que indica que o ruído teve consequências superiores em 40%.


O estudo não contabiliza o número de mortes atribuídas à poluição sonora, mas uma projecção feita pela Lusa conclui que teriam morrido 9.060 pessoas em 2000, no caso das vítimas terem falecido todas com 55 anos de idade.


O número de mortes aumenta ou diminui consoante as pessoas atingidas sejam mais velhas ou mais novas. Para o cálculo foi tida a esperança de vida média calculada para aquele ano, entre em homens e mulheres, na União Europeia, que foi de 78,3 anos.


Ao falecerem com 55 anos, cada uma das supostas vítimas mortais do ruído teria perdido 23,3 anos de vida relativamente à esperança de vida para aquele ano. Dividindo o total de anos perdidos pelo período a menos que cada pessoa viveu, chega-se aos 9.060 mortos.


O trabalho, desenvolvido pela delegação da OMS em Bona, na Alemanha, tem por objectivo dar aos Estados-membros da UE metodologia de orientação em matéria de ruído e reunir dados preliminares sobre as consequências do ruído na saúde humana na Europa, diz o relatório.


Como ruído ambiental foi considerado, além do barulho normal que as pessoas fazem quando comunicam entre si, o que é provocado pelo tráfego rodoviário, comboios, aviões e actividades de lazer, como discotecas ou parques de diversão.


Quanto às consequências, foram avaliados os impactos causados ao nível das doenças de coração, dificuldades de compreensão, surdez, zumbido nos ouvidos, distúrbios no sono e o incómodo sofrido em suposto período de descanso.


O relatório cita ainda dados estatísticos da União Europeia donde se conclui que, em 2000, 25,3 por cento da população dos 15 países que então integravam a comunidade era afectada pelo ruído.


Na tabela, Portugal é o terceiro mais afectado, com 27,4 por cento da população atingida, atrás apenas da Holanda (34,7) e da Itália (34,1). O último lugar é ocupado pela Irlanda (9,7).


Os peritos da OMS apresentam no documento uma pirâmide, com a qual pretendem representar os efeitos do ruído prolongado e persistente na população.


No início, são indicados os efeitos: incómodo, distúrbios e sensação de desconforto na maioria das pessoas expostas, o que leva ao aumento da produção de hormonas reveladoras de stress.


O processo prossegue depois com as consequências que atingem as pessoas e que vão desde o aumento da pressão do sangue, colestrol, coágulos e excesso de açúcar no sangue.


Da evolução destas situações surge a hipertensão e os enfartes de miocárdio, que levam à morte, que surge do vértice da pirâmide.

Fonte: Diário Digital / Agência Lusa



Todos nós temos a ideia de que a poluição atmosférica é a mais perigosa e portanto a mais mortífera, porém aqui vê-se que todos os tipos de poluição são prejudiciais. A poluição sonora é retratada muitas vezes por uma poluição inofensiva que unicamente causa stress. Mas isso é totalmente mentira...
Link do postPor AndréV, às 13:35  Comentar

De MC a 15 de Julho de 2007 às 23:18
Se alguém se der ao trabalho de ver o original (e eu fui ver), vê-se que esta é mais um brilhante conclusão dos jornalistas da Lusa, cuja cabecinha tem alguma dificuldade em funcionar.

O que se fala no relatório é em DALYs, que são dias de vida com deficiência, e não dias de vida perdidos.. O mais admirável são essas continhas, de "admitindo que as pessoas morrem aos 55 anos por causa do ruído".. 55?? porque não 100 ou 3?

Cuidado com as notícias da LUSA (a sério).. e parabéns pelo blog!!

De SwáSthya Yôga a 5 de Outubro de 2007 às 22:46
Parabéns pelo Blog e sua informação.

Deixo um convite a todos os que como eu, não querem stress nas suas vidas, praticando Yôga. Sinto-me com mais qualidade de vida :)

Abraços

Olá a todos! Aqui está um novo blog "verde" por sinal, aqui ficarão registados pequenos apontamentos acerca do nosso mundo natural, ecologia, ambiente, entre outros... O objectivo? Aprendermos todos um pouco mais. Esperemos que gostem!
Pesquisar no Verde
 
Julho 2007
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9

21

22

29


Semana no Verde

2ª feira - Fauna & Flora
ver
3ª - Locais Verdes
ver
4ª - Conselhos Verdes
ver
5ª feira - Imagem Verde da Semana
ver
6ª feira - Blog/Associação Verde da Semana
ver
www.greenpeace.pt
Contactar o Verde
Se tiver algo a dizer sobre o Verde, não hesite em contactar-lo. A sua opinião será sempre útil e bem vinda. Os contactos são: daniela_urbano1@hotmail.com andre.f.veiga@gmail.com
Comentários Recentes
Obliglado devem ser estabelecidas regras têm siste...
Se ao invés disso eles eram animais que serão bloq...
Olá, parabéns pelo blog!Conte conosco para dicas e...
Posts mais Comentados
50 Comentários
28 Comentários
blogs SAPO